thenzolima

Tenha um diário (sério).

· Enzo Lima

Gostando ou não de escrever, ter um diário é um dos melhores hábitos que alguém pode ter para a sua vida.

Esses dias lembrei que em 2019, eu tinha uma página no Facebook que servia como um diário, lá eu escrevia como tinha sido o meu dia (grande parte das anotações era sobre o meu namoro da época).

E eu adorava fazer isso! Mantive ele por alguns meses, o que gerou várias publicações, mas poucas visualizações (ainda bem). Não lembro ao certo o motivo de ter parado, creio que foi falta de tempo para fazer os posts.

Durante a pandemia, essa vontade de documentar o que acontece na minha vida, seja coisas grandiosas ou mínimos detalhes que achei interessantes, voltou a minha cabeça.

Então, comprei um caderno com folhas pontilhadas com esse intuito. A experiência foi interessante, só que em grande parte desconfortável.

Por eu nunca ter escrito em um caderno do tipo, acabei não me adaptando. Esse investimento falho acabou me desmotivando do hábito.

Um ano depois escrevi meu primeiro artigo. Foi uma sensação tão gratificante vê-lo pronto e publicado. Então, percebi o quanto o hábito da escrita poderia mudar a minha vida (spoiler: realmente mudou).

Este ano coloquei como meta pessoal escrever pelo menos 12 artigos, para ficar a média de um artigo por mês (estou bem atrasado, mas até dezembro fecho as contas).

Isso fez com que aquele velho desejo de registrar a minha vida voltasse. E desde do final de maio, tenho escrito sobre os dias pacatos, os divertidos e os tristes.

Faço as anotações em markdown, pela praticidade e possibilidade de backup. Uso o syncthing para sincronizá-las entre o meu celular e notebook, fazendo com seja algo bastante flexível para mim.

Eu poderia adotar o método físico, é bastante charmoso e funcional, no entanto, sinto que consigo me organizar melhor escrevendo digitalmente, principalmente por eu ser mais rápido desta maneira.

Estou a quase um mês documentando o que acontece comigo, dia por dia. E desde então, escrevi mais de 35 mil caracteres, e isso vem me ajudando de diversas maneiras.

O hábito de escrever diariamente vem tornando a minha produção textual mais criativa, prática e objetiva. Gosto de escrever sobre qualquer coisa, e nem tudo vale a pena ser publicado, então ter um espaço privado onde eu possa me expressar livremente, me faz bem.

Quando estou escrevendo, pode ser um artigo ou uma nota do meu diário, é como se os mínimos detalhes se tornassem mais nítidos. Como se minhas conversas com pessoas próximas fossem valiosas. É algo que ainda não sei explicar.

Além disso, este hobbie vem me trazendo novas ideias e metas.

Enfim, este diário é com certeza uma das coisas mais importantes que me aconteceu neste ano, algo tão simples e ao mesmo tempo tão simbólico.

Recomendo esse hábito para qualquer um. Tire um tempo no final do seu dia, reflita sobre o que aconteceu e coloque tudo para fora, seja em um papel ou no seu bloco de notas. O que importa é fazer!

“Nunca viajo sem o meu diário. É preciso ter sempre algo extraordinário para ler no comboio.” — Oscar Wilde


Vou ficando por aqui, espero que tenha gostado do conteúdo.

Espero que tenha curtido a leitura. Não deixe de compartilhar para alguém próximo que pode se beneficiar lendo isso.

Quer entrar em contato comigo? contato@thenzolima.com.br

#Markdown   #Escrita   #Diário